Regulamento
1. Pretende-se com este evento divulgar e aprofundar, em ambiente de partilha mútua, conceitos e técnicas associadas à atividade de fotografia em gruta e, consequentemente debater questões relacionadas com a salvaguarda e preservação do meio ambiente que envolve as grutas, bem como respetiva fauna e flora;

2. O congresso será realizado de 02 a 06 de Setembro 2015;

3. Condições de Acesso:

As inscrições são limitadas a um máximo de 70 fotógrafos.

Sob pena de não serem admitidos no congresso, os participantes devem obedecer aos seguintes requisitos: 

a) Cada participante deve estar inscrito no 2º Congresso de Fotografia Técnica em Gruta - FTG, o pagamento da participação deverá estar efetuado  e deverá entregar um mínimo de 10 trabalhos;
b) Os trabalhos a entregar para serem  escolhidos para serem apresentados na sessão final do congresso e em diversos meios de comunicação, têm que ser resultado das saídas de campo realizadas durante o congresso; 
c) Os trabalhos devem ter alta resolução (superior a 4 MB);
d) A captação da imagem submetida no congresso deve ser feita com máquina fotográfica digital.

4.   A inscrição no congresso é obrigatória, podendo os inscritos participar em todas ou apenas algumas das datas previstas no congresso, devendo ser comunicado previamente à organização quais as datas pretendidas;

5.   O prazo de entrega dos trabalhos termina a 20/09/2015;

6.   As fotografias deverão estar devidamente identificadas com o titulo, nome do autor, local, e data, e deverão ser enviadas para o email do congresso, no formato JPG/TIFF, com tamanho mínimo de 4288x2848;

7.   Cada participante deverá ordenar as fotografias por ordem de preferência, serão expostas duas fotografias por participante;

8.   A organização do congresso não assume qualquer responsabilidade pelos trabalhos que não cheguem em perfeitas condições ou se venham a extraviar;

9. O envio dos trabalhos para a comissão de organização do congresso, ou a quem esta determinar, implica que os participantes cedem os direitos de autor sobre as fotografias que apresentam no âmbito do presente congresso, para reprodução nos meios de comunicação que entenderem pertinentes (sites, catálogos, revistas, jornais, livros, exposições, promoção do congresso, etc.) estando a comissão de organização do congresso obrigada a indicar o nome do autor da imagem;

10. A organização reserva-se o direito de excluir do congresso os candidatos/trabalhos que não estiverem em conformidade com o presente regulamento;

11. Todos os participantes que realizem saídas de campo deverão possuir um seguro de acidentes pessoais que cubra atividades espeleológicas, que poderá ser adquirido à organização do congresso, mediante condições disponibilizadas no site do congresso;

12. É da inteira responsabilidade dos participantes a segurança de todo o material fotográfico pessoal utilizado nas saídas de campo;

13. Compete à organização do congresso o fornecimento de todo o material técnico de espeleologia (capacete + frontal) necessário para as saídas de campo dos fotógrafos não espeleólogos, sendo da responsabilidade dos participantes o devido manuseamento do material fornecido pela organização, podendo ser imputados custos aos participantes por quaisquer danos decorrentes de indevido tratamento desse material;

14. Todos os fotógrafos espeleólogos deverão levar o seu material individual de espeleologia, necessário para as saídas de campo;

15. Todos os fotógrafos não espeleólogos deverão levar fato de macaco, galochas e luvas, necessário para as saídas de campo;

16. No final de cada saída de campo, o material técnico de espeleologia fornecido deverá ser devolvido à organização;

17. Todos os participantes das saídas de campo deverão apresentar-se convenientemente vestidos de acordo com as recomendações da organização do congresso, descritas no regulamento, para as respetivas saídas de campo;

18. É obrigatório por parte dos participantes das saídas de campo, comunicar à organização do congresso, a existência de qualquer restrição física ou psicológica do participante, que possa comprometer a devida realização ou segurança da saída de campo;

19. É obrigatório por parte dos participantes que realizem saídas de campo, seguir as instruções do responsável pela respetiva atividade, não podendo por em causa a sua segurança, nem a do grupo que compõe a saída de campo;

20. Todas as saídas de campo serão realizadas por uma equipa de apoio composta por responsável e espeleólogos pertencentes à organização do congresso em número adequado à quantidade de participantes;

21. A organização do congresso não pode ser responsabilizada por quaisquer danos pessoais e materiais decorrentes da inobservância das regras de segurança transmitidas pela equipa de apoio durante a saída de campo;

22. Qualquer situação não prevista por este regulamento será resolvida pela organização.
INICIO​​​
TOP​O​​​​​​​​​