Espeleo-Barlavento


Introdução


O Barlavento engloba a franja costeira entre a praia do Burgau e a foz da ribeira de Quarteira e corresponde à unidade central do Algarve, onde se concentra o núcleo da actividade turística da região. Ocupando apenas cerca de 30% do comprimento total da franja costeira do Algarve, o litoral do Barlavento acolhe 60% dos turistas que visitam ou utilizam as praias da região.

A faixa costeira com arribas amarelas, talhadas em calcoarenitos miocénicos, que suportam praias encaixadas de pequenas dimensões, acumuladas nas reentrâncias geradas pela irregularidade da erosão costeira. Nesta sequência descontínua e intermitente de movimentos de massa que se revestem de múltiplas formas, desde os grandes movimentos associados ao colapso de cavidades cársicas.

A geodinâmica natural das arribas e o modelo de ocupação turística do Barlavento determinam a existência de risco quer para os utentes das praias por elas suportadas, quer para as estruturas implantadas no topo das costeiras, quer ainda para embarcações que naveguem junto à costa.


Objetivo


Estudar, inventariar e topografar as cavidades do litoral Algarvio entre Armação de Pera e Lagos.

Numa primeira abordagem entre furnas e algares foram identificadas 34 cavidades.

Implantação da georeferênciação das cavidades em Google Earth por Vitor Amendoeira (GEM)
INICIO​​​
TOP​O​​​​​​​​​